Capri Nos arredores de Capri

Mapa

As ruazinhas estreitas de Nápoles e ainda Sorrento, a Costa Amalfitana e as ilhas do golfo.

Embora Capri seja um lugar mágico de onde você não quer ir embora, a ilha é também um ótimo ponto de partida para visitar as maravilhas históricas e naturais da Baía de Nápoles e para curtir um passeio no centro histórico da Península Sorrentina, da Costa de Amalfi e de outras ilhas do golfo como Ischia e Procida.

Balsas e aliscafi (uma espécie de lancha de alta velocidade) possibilitam um fácil acesso aos portos de Nápoles e Sorrento durante todos os meses do ano. Durante o verão existem ainda mais possibilidades: como saídas para Castellammare di Stabia e pequenos portos da Costa Amalfitana. Além disso, quem prefere fazer o próprio itinerário e horário pode alugar barcos privados, com ou sem marinheiro, no de Marina Grande e, desse modo, organizar excursões inesquecíveis entre os burgos a beira mar, restaurantes e lugares ricos de história.

Costa Amalfitana

A estrada Statale 163 conecta os pequenos burgos da Costa Amalfitana, alguns acessíveis de Capri durante os meses de verão também com transporte via mar. A antiga república marítima de Amalfi, enriquecida com as esplêndidas residências de época com vista para o mar, é uma das metas preferidas deste charmoso pedaço de costa. Aqui é possível visitar o Duomo (catedral) em homenagem a Sant'Andrea Apostolo e o museu do papel situado no Valle dei Mulini (Vale dos Moinhos).

Partindo de Amalfi em direção a Punta Campanella estão os burgos marítimos de Conca dei Marini, Praiano, um dos lugares históricos da Divina Costa. Próximo a cidade de Salerno encontra-se a Vietri sul Mare, uma cidadezinha famosa em todo mundo por suas cerâmicas pintadas a mão nas pequenas oficinas escondidas no centro histórico. Antes de deixar a Costa Amalfitana é obrigatória uma visita às cidades, famosas por suas praias fantásticas.

Pompéia e Herculano

No passado, antes da terrível erupção do Vesúvio em 79 d.C., era uma cidade florida, um dos principais centros urbanos do Império Romano. Hoje é possível chegar em Pompéia de Sorrento ou Nápoles graças as linhas da Circumvesuviana e visitar as ruínas deste incrível exemplo de cidade romana graças aos variados roteiros temáticos.

Um dos itinerários mais interessantes é aquele dedicado as vilas patrícias como por exemplo a casa do Fauno ou aquela de Diomene. Imperdível uma visita às termas, lugar particularmente amado dos antigos romanos também pela sua função social no dia-a-dia da cidade.

Além das visitas a Herculano, a segunda vítima do Vesúvio, é possível explorar roteiros temáticos que permitem descobrir os lugares da vida quotidiana e também as antigas habitações da época. Como, por exemplo, a Casa do Bel Cortile, a Casa Sannitica, as termas e a fascinante Casa dos Papiri, uma construção fora dos muros da cidade onde foram encontrados numerosos papiros com textos em grego e em latim.

Nerano a sua tradição gastronômica

Com a luz do pôr do sol no verão, passeando ao longo das vielas panorâmicas com vista para o Golfo de Nápoles é fácil perceber barcos e pequenas embarcações que deixam o porto de Capri e desaparecem atrás da Punta Campanella. Muito provavelmente o destino desses barcos é Nerano, meta preferida de quem ama os deliciosos pratos da culinária da Costa Amalfitana.

No pequeno burgo marítimo de Nerano existem diversos restaurantes especializados em gastronomia local e nos pratos típicos que exaltam os sabores do mar. Tudo, obviamente acompanhado dos grandes vinhos dos Monti Lattari.

Ilha de Procida

Quem chega pela primeira vez na Ilha de Procida, lugar de férias e descanso desde a época romana, se encanta com as cores e a arquitetura do burgo marítimo de Marina Grande. Neste ângulo da ilha é possível admirar o Palazzo Merlato do século XVII e a Igreja de Santa Maria della Pietà fundada por marinheiros sempre no século XVII.

Para chegar no centro histórico de Terra Murata é necessário percorrer uma pequena rua com vista para Marina Corricella. Ao chegar ao destino é possível visitar o Convento Dominicano de Santa Margherita ou a Abadia de San Michele, complexo de museus construído em 1026 com uma biblioteca com textos do século XVI.

Um autêntico oásis de paz e tranquilidade, Procida é uma meta ideal para os fãs da vida ao ar livre, para quem curte excursões na natureza e mergulho. Quem, ao contrário, prefere simplesmente passar um dia tomando sol e curtindo um banho de mar vai adorar as praias de Silurenza e do Pozzo Vecchio.

Sorrento e Castellammare di Stabia

Sorrentopossui uma fantástica vista para a Baía de Nápoles graças a um terraço natural no alto do mar. Com os "aliscafi" (espécie de lancha de alta velocidade) que partem da ilha de Capri é possível chegar em apenas 20 minutos ao porto de Sorrento, pouco distante do centro histórico desta elegante cidade de praia que se tornou famosa no século XIX como etapa do Grand Tour.
Corso Italia é uma das ruas mais famosas de Sorrento e leva até a Praça Torquato Tasso, dominada por uma estátua de Santo Antonio, santo protetor da cidade. Imperdível uma visita ao centro histórico de Sorrento, um labirinto de vielas onde é possível descobrir pequenas lojas de artesanato ou quitandas que expõe os famosos limões da Península Sorrentina, além das coroas de pimenta.

Castellammare di Stabia se encontra a poucos quilômetros ao norte de Sorrento e reserva um dos sítios arqueológicos mais sugestivos da regione Campania (estado de Campania). Exatamente como os vizinhos centros de Pompéia e Herculano, a cidade de Stabaie foi coberta durante vários séculos pelas cinzas do Vesúvio após o fatídico 79 d.C, os trabalhos de escavação foram iniciados em 1950 e revelam a arquitetura magnífica e as obras de arte que decoravam as residências deste antigo local de férias.

Isola di Ischia

A ilha de Ischia, a maior do Golfo de Nápoles, é conhecida também como Ilha Verde porque é difícil encontrar um pedaço de terra não coberto por uma vegetação exuberante. Mas esta é apenas uma parte da preciosa herança deixada no passado vulcânico de Ischia: existem também as águas termais, ricas de propriedades terapêuticas já conhecidas aos tempos da Antiga Roma que fizeram de Ischia um ponto de referimento turístico especializado no bem-estar.

Os spas e os centros termais não são a única atração da ilha. Ischia também é famosa por suas maravilhosas praias que permitem passar vários dias entre o sol e a deliciosa água do mar Mediterrâneo. Além das praias de San Montano, Maronti e do Lido, é possível escolher entre uma infinidade de baías acessíveis exclusivamente via mar.

O bairro de Ischia Porto é certamente um lugar para visitar com calma, sem pressa, passeando lentamente entre as pequenas ruazinhas e as casas dos pescadores. Do lado oriental da ilha se encontra uma das suas atrações turísticas mais famosas: o magnífico Castelo Aragonese, construído por Alfonso d'Aragona no século XV. A imponente fortaleza (113 metros acima do nível do mar) nasce em uma pequena ilha ligada ao antigo burgo de Celsa graças a uma ponte com 220 metros de extensão.

Aliscafi e balsas que ligam Capri, Ischia e Procida

As conexões marítimas entre Capri e as outras ilhas do Golfo de Nápoles são limitadas e ativas exclusivamente durante os meses de verão. Em geral é necessário fazer uma escala em Nápoles para depois embarcar em um segundo aliscafo. Por essa razão nós sugerimos que você confira sempre os horários das conexões marítimas de Capri antes de partir.

Alguma dúvida? Pergunte aqui! (New)

Inspire-se...

  • 1
  • 2
  • 3

Hotéis em destaque