La Reginella

Da Piazzetta é preciso subir um pouco até chegar ao Hotel La Reginella, mas assim que você chega e vê o terraço com vista panorâmica para o mar de Marina Piccola percebe que valeu a pena.
E provavelmente foi exatamente esse terraço que fez desta casa de Capri o hotel preferido por artistas e viajantes que após a grande guerra começaram a frequentar a ilha de Capri.

O hotel dos artistas

A arte faz parte da história do Hotel La Reginella. Uma história que começou com o violinista Paolo Falco e sua mulher, a pianista Elisabeth Rudorff, que decidiram transformar a casa em um pequeno hotel.
A partir daquele momento pintores, escritores, poetas e escultores começaram a se encontrar no La Reginella. Aqui vinham passar as férias em Capri e algumas das obras de arte produzidas nesse período se encontram ainda nos salões e quartos do hotel.

Hans Paule, Willy Kluck, Walter Depas e Annie Cottreau: esses são os artistas que criaram terracotas, xilografias, retratos e paisagens que você encontra no hotel La Reginella!

Simplicidade em Capri

O silêncio da colina de Matermania, a simplicidade de uma casa de Capri e um belo terraço panorâmico. Às vezes basta pouco para viver férias inesquecíveis em Capri.
Aqui você não encontrará a pompa e o luxo dos grandes hotéis da ilha, mas quartos aconchegantes e essenciais, todos com ar condicionado e televisão e alguns também com um pequeno terraço.

Café da manhã de frente para o mar

O grande terraço do Hotel La Reginella é o ponto principal do hotel. Aqui é servido o café da manhã (mas existe também uma deliciosa sala interna) e não existe nenhuma dúvida que, depois de um passeio na Piazzetta, uma visita ao vizinho Arco Naturale, um passeio de barco ou um dia curtindo a praia ou uma caminhada, você voltará mais uma vez para esse terraço.